No Busão

No busão- Do blog Todo Glamour Será Recompensado

Bom, agora que estou me tornando mendiga esse blog terá menos histórias de táxi. E mais de ônibus. O que não deixa de ser interessante porque são mais personagens, também tem um motorista e tem sempre um passageiro que quer interagir. Porque essa necessidade de falar? Porque as pessoas não podem ficar quietinhas, lendo seus livros, escutando suas músicas?
Pois era assim que estava uma menina. Em pé, ouvindo calmamente sua Indie Music no I-pod, com o uniforme do colégio Fernão Dias, pensando no seu respectivo cabeludinho. Um fanfarrão de bigode e carteira embaixo do braço, sentado na sua frente, começa a chamá-la. Ela demorou pra perceber. A música tava alta. Tentou de novo, fez mímica. Ela então tirou o fone de ouvido.
Ele fala: Ei, menina! Estudei aí nesse colégio também. Ela dá um risinho sem graça, coloca o fone e volta pra parte do pensamento em que o cabeludo arrancava a sua pulseirinha do sexo. O bigode continua falando sobre o colégio com o cara do seu lado. Uma sonhando com o presente. O outro com o passado, pra esquecer que ele se tornou isso no presente. Fiquei triste. Esse tipo de saudosismo exacerbado é muito amargurado.



Escrito por Rúbia às 18h57
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


Histórico
Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
Edição Limitada
Melhor Amiga
De Casa Para o Trabalho
Cat´s Diary